O Xadrez e a Música

terça-feira, março 27, 2007

FILTRO D´AMÔR
(PARTE I)

Filtro d´Amôr

Caros amigos, hoje, Dia Mundial do Teatro, inicio a publicação da comédia musicada "Filtro d´Amôr", escrita por meu Pai em 1941. Dado o muito mau estado do original, dactilografado e do qual podem ver as primeiras páginas, estou a escrevê-lo de raiz no WORD. Também estou a utilizar a Ortografia actual, nomeadamente retirando bastantes acentos circunflexos, pois nesse tempo até AMÔR o levava... bons tempos!!! Já não há AMÔR como o de antigamente... e muito menos Filtros que o favoreçam ;)... - Aspásia.

AS 5 PRIMEIRAS FOLHAS
DO ORIGINAL









FILTRO D´AMOR

Comédia Musicada

1 ACTO e 2 QUADROS



Original de

FRADIQUE


(Rui Nascimento)

SETÚBAL, 1941

* * * * * *


PERSONAGENS


PROCÓPIO PROFUNDO − Velho baixo de Ópera, dono da loja “A Boa Harmonia”.

ISABEL − Filha de Procópio.

CARLOS SALDANHA − Tenor (Galã).

JÚLIO PERFEITO − Sobrinho de Procópio.

LÚCIA DE LIMA − Rival de Isabel.

MANIVELA (ARTUR) − Empregado de Procópio.

HILÁRIO HILARIANTE − Caixeiro viajante de músicas.

BAZALICÃO − Boticário.

PINOCCHIO, O PAPAGAIO − Ave canora e falante. (Personagem de bastidor)
...................................................

FIGURANTES.

………………………………………………


ANOS 40 DO SÉC. XX

………………………………………………

TODOS OS PERSONAGENS DESTA PEÇA SÃO PURAMENTE IMAGINÁRIOS, E QUALQUER SEMELHANÇA QUE PORVENTURA POSSAM TER COM ENTES REAIS DEVE SER TOMADA COMO COINCIDÊNCIA FORTUITA.

...................................................

ACTO ÚNICO

1º Quadro

No interior da loja “A Boa Harmonia”, casa de artigos de música. No fundo, à esquerda, há uma porta para a rua; à direita uma montra. À D.A. um pequeno balcão e à D.B. a porta de comunicação da loja com a habitação. Cadeiras, instrumentos, livros e músicas. Um pequeno móvel com uma grafonola e discos espalhados.

CENA I

Isabel, Carlos, Lúcia, depois Manivela.

Ao levantar o pano, Lúcia está sentada, Carlos encostado ao balcão e Isabel junto à grafonola que está acabando de tocar uma ária pretensiosa.


Isabel (depois de a grafonola se ter calado) − Como achou este número, Senhor Carlos ?
Carlos - Gostei bastante. E a Lúcia ?
Lúcia (desdenhosa) - Não gostei, nem desgostei... banal...
Carlos (conciliador) — Não me pareceu de todo mal...
Lúcia – Já se sabe que você tem o gosto estragado.
Carlos (aproximando-se) - Não em tudo, Lúcia, acredite-me...

(Isabel desvia a vista, magoada pelo interesse que Carlos parece ter por Lúcia).

Lúcia - Ora... ora...
Manivela (entrando pela porta da rua, às arrecuas, e falando para fora) - Então não se esqueça do meu pedido, amigo Basalicão… obrigado (reparando na freguesia e para Isabel) - Porque não me chamou, menina Isabel ? Eu tinha atendido.
(Para os fregueses) - Então já escolheram ? E que mais há-de ser?
Lúcia - Afinal não nos agradou nenhum dos discos. Decididamente tudo o que há nesta casa é muito banal, muito fora de moda...
Manivela - Ó minha rica Senhora, desde que V.ª Ex.ª. aqui entrou, nem tudo está fora de moda....
Carlos - Ora a Lúcia tem coisas… também não sei o que lhe agrada. Corremos já três ou quatro estabelecimentos e não se resolve a comprar.
Lúcia - Se o Carlos. está aborrecido... eu não lhe pedi para me acompanhar...
Carlos – Não, isso sim… Bem sabe que tenho sempre muito prazer em lhe fazer companhia.
Manivela – Mas minha Senhora, tenho ainda aqui uma canção…
Lúcia (interrompendo) – Não se incomode. De resto (vendo as horas) já é tarde… (para Carlos) Eu vou para casa, Carlos.
Carlos – Se me permite, vou acompanhá-la.

(Saem ambos. Lúcia sem dizer adeus; Carlos baixa a cabeça a Isabel).


CENA II

Manivela e Isabel

Manivela – Uf! Freguesia desta… (para Isabel) A menina Isabel não diz nada? isso é que a perde. Ouve, ouve, ouve, e muda como um penedo. Veja essa tal Lúcia! Aquilo é um chalrear. E sempre desdenhosa e presumida. A toleirona julga-se superior. Mas é com todo aquele fogo de vista que se faz notar e tem mais de um pretendente. O Carlos, esse então está mesmo pelo beicinho. Não vê outra coisa… (intencional) e coisas que valem muito mais…
Isabel – Ó Artur, lá começas tu. Deixa lá… então, ele gosta dela…
Manivela – Deixa lá, não! Que não gosto de ver a menina andar triste. Ou não fosse eu empregado de seu pai já há perto de 15 anos, conhecendo-a a si desde pequenina. (pausa) Ele gosta dela? Ele é um palerma (gesto contrariado de Isabel). Um palerma, sim senhora. (Isabel amua) – (Aparte) Ó Diabo, lá amuou. (Alto) Um palerma é modo de dizer… ele é muito bom rapaz… e tem uma linda voz.
Isabel (contente) – Pois não tem? E é tão simpático, tão insinuante… (caindo em si) Ora, lá estou eu a divagar…
Manivela – Deixe lá que os sonhos às vezes tornam-se realidades.
Isabel (encolhendo os ombros) – Isto para mim nunca passará dum sonho…

(Isabel canta uma canção de amor. Manivela fica embasbacado a ouvir).


O MEU PRÍNCIPE

(Canção de amor)


Num certo conto de fadas
e de moiras encantadas,
um jovem Príncipe havia.
Quando ouvia essa quimera,
´inda pequenina eu era,
era a ele a quem mais queria.

Tinha todo o meu afecto,
era o meu amor secreto
que eu não contava a ninguém.
Eram sonhos de criança,
não cheguei a ter a esperança
que ele existisse também.

Mas quando um dia te vi,
o meu Príncipe esqueci
e dei-te o meu coração.
Tu nem em mim reparaste
e indiferente passaste,
sem ver a minha paixão.

Quis voltar ao antigo amor,
mas ai!... já não tem sabor
a velha história esquecida!
O sonho de amor de então,
não passava de ilusão…
Só tu p´ra mim és a vida!

Manivela (quando Isabel se calou) - Consigo é que o Carlos fazia um dueto bonito.
Isabel – Lisonjeiro! (retirando-se) Olha, até logo. E agora não vás badalar isto! É segredo entre os dois. (Sai pela D.B.)

(Continua...)

PS - Aceitam-se inscrições para o personagem de bastidor Pinocchio, o Papagaio. Se, por outro lado detectarem Gralhas... digam nos comentários, s.f.f.!

14 comentários:

Maria Velho disse...

POIS BEM APÓS O CONVITE NÃO VELADO PARA PERSONAGEM DE BASTIDOR E TOMANDO AGORA CONHECIMENTO QUE SE TRATA DE UMA SIMPLES AVE, QUIÇÁ REPUGNANTE NA SUA TRISTE IMITAÇÃO DA VOZ HUMANA, VEJO-ME COMPELIDA, ATÉ PORQUE DE GRALHA NADA TENHO, A PRETERIR TÃO INDELICADO CONVITE. FICA, NO ENTANTO ASENTE E TESTEMUNHADO PELA DONA KIKA MARIA DE BARBOSA DUARTE E ALVES VELHO, AQUI E SEMPRE PRESENTE, QUE ACEITAREI DE BOM GRADO SER FIGURANTE EM HONRA DO MAGNÍFICO ESCRITOR, DE SEU NOME RUY NASCIMENTO.
TENHO DITO E MAIS NÃO DIGO PORQUE NÃO SEI LER NEM ESCREVER.

HELENA MARIA DE SOUSA E SILVA DUARTE DE BARBOSA E ALVES VELHO(CHIÇA QUE GRANDE NOME...FAZ HONRA AO TAMANHO DA DONA)

===OOOOO'''=ASSINATURA DIGITALIZADA PELA COMISÃO INTERNACIONAL PARA A PROTECÇÃO DAS AVIS RARAS DE COIMBRA P'RA CIMA.

Maria Velho disse...

QUANTOS ÀS GRALHAS, ERROS OU FALHAS HÁ UMA OU DUAS QUE NÃO ALTERAM NADA A NÃO SER O MOVIMENTO CROMÁTICO DAS PALAVRAS ESCRITAS...
O BOLD DESAPARECE, O PONTO SUBSTITUI A VÍRGULA MAS, SINCERAMENTE NADA QUE MUITOS BONS LIVROS NÃO TENHAM...LITTLE,LITTLE, VERY LITTLE
AQUELA DO S.F.F.(SOMOS FÊMEAS FANTÁSTICAS) É DIRIGIDA A QUEM??

NOITÁSIA disse...

OLHE DONA HMS SDBAV - HER MAJESTY SHIP SO DOWN BY ALTEROUS VIBRATIONS...

ENTAO A MENINA ESTA COM INSONIA ESTA VISTO... MAS COSA PASA POR AHI???

OLHE TENHO DEAMBULADO ALGO MAIS.. ISTO É UMA VERGONHA... É Q NAO POSSO, DESENCONTRO MUITO C AS HORAS DO MEU PAI E DEPOIS E UMA CHATICE...
LOGO HOJE O VIZINHO DEIXOU O CEM FIOS LIGADO TA VISTO...

ASPIRANTE A MORCEGO disse...

E Q TEM SER PERSONAGEM DE BASTIDOR??? OLHE Q EM MEUS TEMPODE DE MENINA E MOÇA EU BORDEI ALGUM COISA NO BASTIDOR...

ATE UMAS FLORES DE ERVILHA, PARECE-ME...

DEPOIS COMO O PAPAGAIO GOSTA MTO DE ERVILHAS... VAI SER UM VER SE TE ERVILHAS...

ENTAO ESSES APELIDOS TODOS SAO DOS 2 MARIDINHOS CALCULO... ISSO PODE IR-SE ACRESCENTANDO??? NAO SABIA... SOU VIRGEM NESSE ASPECDTO...

OLHA SE ALGUEM Q NOS CONHECEMOS E CASOU 5 VEZES TIVESSE FICADO COM OS APELIDOA DOS MARIDOS TODOS... :))

HMMM... ESSES TRABALHOS LABORATORIAIS DE NOITE ESTAO ME CHEIRANDO A FRANK-EINSTEIN...

S.F.F. - SOMOS FORTES FERAS (É QUE ERA...)

DESTA É QUE É...

BOM PÒR-DA-LUA...

BEIJOS LUNÁTICOS

:))

Maria Velho disse...

MAS QUE NOMES DOS MARIDITOS???
SE ASSIM FOSSE TINHA DE TER UM ROLO DE PAPEL (HIGIÉNICO,TALVEZ)EM VEZ DE BILHETE DE IDENTIDADE.CADA REI MORTO, CADA NOME DEPOSTO...QUE EU CÁ NÃO GOSTO DE ME APRESENTAR PELA CASA DOS OUTROS...E A AVALIAR PELA CARRUAGEM FICAVA COM NOME PARA CONCORRER AO TRONO DE PORTUGAL( SÓ NÃO DOU TANTOS FILHOS, MAS...ENFIM...NUNCA TIVE O DOM DUARTE PIO DE BRAGANÇA A JEITO;(((()
SOMOS FORTES FERAS,SOMOS FARTAS E FABULOSAS,SOMOS FELIZES E FATELAS, SOMOS FILHAS E FILHOSES...E FUTURO FANTÁSTICO!
QUANTO A SER PERSONAGEM DE BASTIDOR CONTINUO A REBATER A MINHA POSIÇÃO INICIAL-SENTADA-NÃO ACEITO! QUERO PELO MENOS NO TEARTRO PROTAGONIZAR...BASTIDOR SÓ ME LEMBRA DEDINHOS PICADINHOS A GOTEJAR E A MÃE SEMPRE A INSISTIR..PREFIRO BILROS, SEMPRE MEXEMOS COM PAUZINHOS.
ANDO A PRECISAR DE MUDAR ÓLEO E FILTROS..SENTES O CHEIRO DO FUMO QUANDO ARRANCO???

ASPÁSIA RENDILHADA disse...

Ó HELENA SE NÃO QUERES SER DE BASTIDOR... PODES SER A ISABEL, A HEROÍNA!!!

E OLHA Q A MINHA MÃE FAZIA RENDA DE BILROS MTO BEM E AINDA ME ENSINOU O BÁSICO DESSA ARTE!!!

ERA MTO GIRO FAZER A TRANÇA DE 4 FIOS E OS CRUZAMENRTOS COM UM ALFINETE!

NEURÓNIA ABERRANTE disse...

DE QQ MODO D ERVILHA PARA UM BILRO ARTESANAL A DIF. É POUCA... BASTA ESPETAR UM PAUZINHO DE FOSFORO NA ERVILHA...

QUE RAIO DE IDEIAS Q ME VÊM À CABEÇA QDO ESTOU A FALAR CTG...

;))

Aspásia disse...

E S.F.F. - SOMOS FINÓRIAS E FORRETAS...

MAS JÁ CONVIDASTE O PIO???

TALVEZ LEVANDO-LHE UM PERIQUITO NUMA GAIOLA A COMER SEMENTES DE ERVILHA, ELE SE AMERCEIE DA TUA GRAÇA...

Anónimo disse...

OLHA LINDA! JÁ NUM QUIERO SERE NADA!
AMUEI!!
E SABER FAZER BILROS É UMA DELÍCIA..
ESPETAR UM FÓSFORO NA CABEÇA DE UMA ERVILHA OU UMA CABEÇA DE FÓSFORO NA ERVILHA? BEM DE QQ MODO ESTA ERVILHA NÃO TEM CABEÇA...VOU TER DE ESCOLHER OUTRA LEGUMINOSA QUE CONSIGA , COM O PAIS DE MAR...SOAR A PÁIS DE MARAVILHAS

Aspásia disse...

...águas passadas, mas...

"MAS QUE NOMES DOS MARIDITOS???
SE ASSIM FOSSE TINHA DE TER UM ROLO DE PAPEL (HIGIÉNICO,TALVEZ)EM VEZ DE BILHETE DE IDENTIDADE."

RAINHA LENA, NÃO SEJA POR ISSO... AFINAL EXISTE ESTE ROLO, ONDE PODEIS AFIXAR AS (DES)GRAÇAS DE VOSSOS EX-CON(?)SORTES!!!

PS - DESCOBRI ESTE PORTENTOSO ENGENHO QD FUI VER O ROTHKO... ISTO É MELHOR QUE OS "TEMPOS MODERNOS!...

Maria Velho disse...

OLHA A UTILIDADE!! VAMOS ENCOMENDAR UMA DÚZIA? 6 PARA DEITAR FORA E OUTRAS 6 PARA ESTRAGAR...
ENTÃO É QUE EU NÃO GANHAVA NEM PARA O PAPEL!!
E A IMPERATRIZ COMO SE SENTE?? E O PAI LINDO??
EU HOJE ESTOU CANSADA , SÓ AGORA É QUE PEGUEI NESTA COISITA VICIANTE..
FIQUEI ADMIRADA PELA (DES)PROMOÇÃO A ERVILHETA..SERÁ PORQUE RIMA COM PESPINETA??

AMANHÃ VAMO-NOS ENCONTRAR NA FNAC NORTESHOPPING E DEPOIS FAÇO RELATÓRIO MINORITÁRIO,CERTO??
AH! E O ANTÓNIO FILIPE É O MEU MAIOR AMIGO VIVO!!

AGORA VOU AO ERVILHAL TIRAR UNS CARACÓISITOS(CARACOLETAS E ESPANHOLETAS) E AVIAR A RECEITA DO REMÉDIO QUE ONTEM ME RECEITASTE.

BEIJO TÉCNICO!

Aspásia disse...

PESPINETA???

AH!!! UMA SIMBIOSE DE PEPINO (PARENTE AFASTADO DA ERVILHA...) E ESPINETA (BISAVÓ DO PIANO)... ASSIM UMA HOMENAGEM AOS NOSSOS BLOGS...

MTO BEEEEM... FICO AGUARDJANDO ESSI RI-LATINÓRIO...

ÓS POIS QDO ESTIVERES MELHOR A VER SE FALAMOS DE VIVA VOZ...

QTO A ESSE AMIGO DEVE SER DIGNO DO ERVILHAL!!! E !CUB-AH LIBRE!!!! DIZIA O CHE...

E DE FACTO ISTO VICIA, VICIA... MAS NAO ESTEJAS EM AR (NO)VICIADO!!

BEIJO HORTÍCOLA

Maria Velho disse...

DORME BEM FLOR DE BELEM...

HELENA A GRANDE PEQUENA.

PS. LOGO QUE COMECEMOS NO SERROTE, COMO SE DIZ CÁ NO NORTE, EU ENVIO-TE UM SMS, COMBINADO?(DOTE)?*
*-PARA RIMAR ;))

Aspásia disse...

Ó FLOR DURIENSE...

ANTES FLOR DE BELÉM QUE PASTEL!

ENTÃO VAI JÁ PARA MORFEU (EXPULSA O ADÓNIS QUE ESTÁS DOENTINHA...)

COMBINA DOTE ENTÃO!!

TB. ACEITO DOAÇÃO...

ESTOU A PASSAR A CENA V Q É ENORME...
A PEÇA COMPLETA TEM 20 PAGINAS, ACABEI AGORA A PAG. 8. CHEGUEI `A PRIMEIRA FALA DO PAPAGAIO, DO BASTIDOR!!! LEMBREI-ME LOGO DE TI..

MAS DIGITALIZEI COMO TEXTO O ORIGINAL... DEU BASTANTES ERROS MAS AINDA ASSIM VALE A PENA CORRIGIR EMVEZ DE ESCREVER TUDO DE NOVO...

BEIJOS PSITACÍDIOS

(FAMÍLIA DOS PAPAGAIOS)
;)